• Casa Mães para Sempre

Caixinha de Memórias

Quando um ente querido morre, permanecem as lembranças. Mas e quando se perde um filho que não chegou a nascer ou teve muito pouco tempo?

A escassez de lembranças e as memórias impalpáveis são outras dificuldades. Ao luto da perda, soma-se o luto pelo que não foi vivido. Como uma forma de mães e pais materializarem a presença dessa criança, podemos criar memórias. Afinal, nossos bebês existiram, são amados e nunca serão esquecidos! Existem muitas possibilidades, mas o importante é preservar a memória de ser tão importante. Uma ideia é criar a Caixa de Memórias. Nela você pode reunir o que quiser do seu bebê, como roupinhas, mecha de cabelo, cartas… Algumas mães que perderam seus bebês com poucos semanas de gestação, compram uma roupinha ou outro objeto que desejam para fazer parte dessa caixinha.

Você também pode pedir para que parentes próximos escrevam algo para ser colocado na caixinha para mostrar a eles que essa criança tem um lugar e é importante na família, mesmo que as marcas não tenham sido tão profundas em todos.

Se você tem uma sugestão, quiser compartilhar um ritual ou homenagem feita por você para o seu bebê, conta para a gente!

0 visualização

Você não está sozinha(o)!

A Casa Mães para Sempre é um centro de apoio aos pais e mães enlutados.

Entre em contato:

(11) 99965-2817

  • Wix Facebook page
  • Instagram